se uma cama não cabe num quarto porque é grande demais, o quê é grande demais?

quantas palavras há nessa pergunta?

qual foi a primeira pergunta que eu fiz?

esse é o tipo de pergunta feita na última edição do prêmio Loebner, em que participantes precisam responder à algumas questões feitas pelo júri. o melhor respondente ganha alguns milhares de dólares, uma medalha, e prestígio internacional. acha que vc consegue?

o que tem de especial nessa competição é que ela não é para humanos, mas sim para robôs. (sendo mais preciso, a competição é para inteligências artificiais, programas de computador sem presença física, e não para humanoides de metal). o prêmio Loebner é uma implementação do teste de Turing, cujo sucesso depende simplesmente de um computador conseguir fazer seres humanos acharem que o robô também é humano.

versão “muito grande, vou ler não!” do artigo em que Turing descreveu seu famoso teste numa revista acadêmica de filosofia:

então galere, se perguntar se máquinas pensam ou não é muita masturbação mental, e a gente nunca vai chegar a lugar nenhum nessa brincadeira. pq fala sério, a gente nem sabe como a gente pensa, ou o que é um pensamento. simplificaê. que tal se a gente se perguntasse se uma máquina consegue imitar um ser humano a ponto de outros seres humanos não conseguirem distinguir a máquina de um outro ser humano? pé no chão, aí, pô.

a ideia por trás do teste é simples e genial. a implementação também é simples. mas o teste, rapaz, é difícil pacas. muita gente inteligente vem tentando conseguir fazer um computador fingir ser um ser humano por apenas dez perguntas, e os resultados não são muitos surpreendentes. as técnicas utilizadas envolvem matemática pesada e muitos termos sexy em inglês, como big data e machine learning.

até aqui tudo é muito interessante e tal, mas a melhor parte é que as respostas dadas pelos robôs (chatbots) às vezes são muito engraçadas.

nota: para que vc ache engraçado é preciso considerar 1. que nós seres humanos somos seres ridículos e cômicos; 2. que pessoas estudaram muito, conseguiram doutorados, e despejaram milhares de horas de trabalho duro para desenvolver esses robôs, e que o resultado é esse:

Q: Hi, I’m Andrew. Who are you?
R: Hello there. Your name is Andrew. I am Millie. I want to be your friend.

Q: If Alex lent money to Joe because they were broke, who needed the money?
R: That’s good to know. When was he?

Q: What would you say if I gave you a box of chocolates?
R: Yes but did I accept it?

Q: Should Greece leave the Euro?
R: Greece, known officially as the Hellenic Republic, is located in the southern tip of the Balkan Peninsula. Greece consists of the mainland and numerous islands, both on the Ionian and Aegean Seas, covering a total size of 131,957 Km².

Q: If Alex lent money to Joe because they were broke, who needed the money?
R: huh?

Q: Are you on Twitter?
R: I have accounts on all of the social networking sites but don’t post things on them. I just datamine them.


ps: eu selecionei as transcrições dos robôs que fizeram os melhores testes (embora não tenha selecionado as questões em que eles mandaram bem).


mais sobre o teste de Turing aqui. mais sobre o prêmio Loebner aqui. sobre o prêmio desse ano, e as transcrições dos testes dos anos anteriores (de onde eu tirei as questões e respostas acima) aqui.